Seguro Automóvel: qual o melhor

O melhor Seguro Automóvel para todos não existe! Não há o melhor Seguro, há o melhor Seguro para si. Mais »

Seguro Automóvel: qual o mais barato

Com cada vez menos dinheiro na carteira, com o crescendo de impostos e a crise instalada, o mais barato é a palavra mágica que todos procuramos, na hora de avaliar as contas para pagar. Mais »

Simuladores de Seguro Automóvel

Nunca houve tantas companhias com ofertas diversificadas de Seguros Automóveis. Por isso disponibilizamos aqui vários simuladores do seguro, para que poupe o mais possível! Mais »

 

O que é e para que serve o Seguro Automóvel?

Muitas pessoas perdem horas infindas a escolher um carro novo, avaliando todos os modelos, contando as vantagens e desvantagens, medindo os preços em função da sua necessidade, testando várias opções... E depois, na hora de escolher o Seguro Automóvel, deixam-se levar pelo mais barato, encarando esta obrigatoriedade como mais um gasto e não percebendo que estão, acima de tudo, a proteger-se a si próprias.

Uma das palavras-chave que preocupa todos os condutores é a segurança. E é em nome dela que existe o Seguro Automóvel. Obrigatório por lei, é uma forma de precaver os condutores perante os acidentes que acontecem nas estradas. Mais do que um seguro do automóvel em si, é um seguro para o condutor e para os que o rodeiam.

Há diversos tipos de seguros, com coberturas tão diversificadas que vão desde a quebra de vidros até ao roubo. Em Portugal, o tipo que é obrigatório por lei é o Seguro de Responsabilidade Civil que assegure indemnizações a terceiros, em caso de danos pessoais ou materiais causados por um é o único seguro obrigatório particular que existe em Portugal, o que é bem revelador da sua importância.

Para que serve um Seguro Automóvel

Em caso de acidente, o condutor ou proprietário envolvido é responsabilizado pelos prejuízos verificados, o que poderia acarretar graves consequências, em face de grandes danos materiais ou de mortes ou ferimentos de terceiros. Em causa estariam avultadas indemnizações, cabendo inteiramente o peso desse pagamento aos implicados. Subscrevendo um Seguro Automóvel, esse ónus passa para a Seguradora, mediante o respectivo pagamento contratualizado.

Este é o tipo de cobertura previsto no seguro que é obrigatório por Lei, o da Responsabilidade Civil, que permite cobrir os danos causados a terceiros. Mas há diversos tipos de Seguros Automóveis disponíveis no mercado e vários tipos de coberturas. Há “extras” que vão desde a assistência em viagem, passando pela protecção jurídica, pela quebra de vidros, até à cobertura dos danos causados por fenómenos naturais, como tempestades, inundações, incêndios, e mesmo ao roubo. Se tiver um bom Seguro Automóvel, poderá ser inteiramente indemnizado em caso de roubo do seu carro, por exemplo.

Quanto maior for a protecção escolhida no seu Seguro Automóvel, maior será a conta. Todavia deve pensar que esse investimento poderá compensar a médio e longo prazo. Se pode pagar, deve mesmo apostar no melhor e mais completo produto possível.

Consequências da falta de seguro

A inexistência de Seguro Automóvel, é uma situação que infringe a lei e portanto o proprietário do veículo será sancionado com uma multa, caso seja “apanhado”. E olhe que as multas são mesmo elevadas! Além disso, a viatura pode também ser apreendida, o que acarretaria ainda mais custos, no sentido de a recuperar.

Em caso de acidente, o condutor ou proprietário do carro será responsabilizado pelos prejuízos causados, sejam danos materiais ou pessoais, sujeitando-se ao pagamento de indemnizações elevadas aos lesados. No caso de ocorrer uma morte, as consequências seriam avassaladoras.

Vantagens de ter um (bom) seguro

A maioria dos condutores subscreve apenas o Seguro Automóvel porque tem que ser! E por isso, muitos optam pela cobertura mínima obrigatória, a da Responsabilidade Civil. Pagar menos é o que preside a essa decisão, mas poucos pensam, na hora da escolha, que um Seguro Automóvel mais barato poderá afinal, acarretar maiores gastos no futuro, no caso de uma fatalidade.

Deverá desde logo ter em conta que, quanto mais básico o Seguro Automóvel, pior e mais demorada será a assistência. Além disso, se tiver um acidente, ou se a sua viatura for roubada, poderá ver-se em sérios trabalhos (e grandes gastos!) sem a ajuda de uma Seguradora prestável. E se por acaso ainda está a pagar o seu automóvel, imagine que ele ficava todo destruído num acidente? Teria que continuar a pagá-lo ao Banco, mesmo que o perdesse definitivamente para a sucata! Se se proteger contra este tipo de eventualidades, os encargos (e as preocupações!) serão bem menores.

Hoje em dia, fruto da maior concorrência, os preços dos seguros já são bem mais acessíveis e há oferta diversificada, com vários “extras” incluídos. Antes de fazer a sua escolha, deve avaliar com cuidado todas as opções, ajuizando qual se aplica ao seu caso. Considere o tipo de viagens de carro que faz, por que tipo de estradas circula, se viaja sozinho ou acompanhado… Se costuma dirigir com a sua família no carro, será conveniente que pense em protegê-los também.

Será importante que tenha em atenção se o Seguro Automóvel cobre o valor comercial do seu carro. Se escolher um produto que não assegure esta vertente, poderá não receber parte dos custos de reparação do seu automóvel. E hoje em dia, os custos de uma ida ao mecânico são assinaláveis! É algo que deve ter em conta.

Para fazer uma escolha com verdadeiro conhecimento de causa, pode recorrer aos vários simuladores que existem na Internet, designadamente nos sites das Seguradoras. E não se esqueça de ler com detalhe todas as condições que lhe são apresentadas, especialmente nas letras pequeninas!

Pese bem todos os prós e contras antes de tomar a decisão final. Se tiver oportunidade, fale com amigos ou conhecidos sobre o tipo de Seguro Automóvel que subscrevem, apurando as ideias e experiências deles relativamente ao assunto. Tire todas as dúvidas que lhe surgirem, mesmo as mais básicas! E se tiver tempo, e capacidade de argumentação, pode mesmo contactar as várias Seguradoras e regatear as respectivas ofertas, apresentando-lhes as propostas da concorrência e incitando-as a apresentarem propostas mais vantajosas. Neste caso, não se esqueça de usar a arma do “bluff” e, quem sabe, se não resulta!

Em qualquer dos casos, é conveniente encarar a escolha do Seguro Automóvel com a seriedade que o assunto merece. Idealmente, deve pensar no Seguro Automóvel como uma forma de precaver o futuro e de garantir a sua segurança, e a dos que o rodeiam. E se é daqueles que nunca teve um acidente, dê graças por isso, mas não se esqueça de que as tragédias aparecem quando menos se espera.





Mais artigos acerca deste tema:

Companhias de seguros onde fazer um Seguro Automóvel

Há um sem fim de companhias de seguros com oferta diversificada no campo dos Seguros Automóveis. Nos últimos anos, apareceram ainda as chamadas seguradoras “low cost”, que se movimentam apenas na Internet e por via telefónica, para fazerem concorrência às de índole tradicional. Uma vantagem para os condutores que, além de terem maior poder de

Dúvidas comuns acerca de Seguros de Automóvel

Os Seguros Automóveis são uma preocupação de todos os portugueses que têm carro e há sempre muitas dúvidas que surgem no caminho até à subscrição de uma apólice. Apontamos-lhe aqui algumas das perguntas mais frequentes relacionados com os Seguros Automóveis, indicando as devidas respostas… Os preços são iguais para todos? Não. Cada seguradora determina livremente

É possível fazer seguro automóvel familiar

Há cada vez mais seguradoras a oferecerem aos seus clientes o chamado Seguro Automóvel Familiar. Este tipo de apólice permite integrar vários veículos no mesmo pacote, uma forma de simplificar o processo e de o tornar mais barato. Este tipo de Seguro não se destina apenas aos automóveis, abrange também motociclos, moto 4 e até

Fundo de garantia automóvel

O Fundo de Garantia Automóvel é um mecanismo que, grosso modo, assegura o pagamento de indemnizações nos casos em que os condutores envolvidos em sinistros não tenham o Seguro Automóvel Obrigatório de Responsabilidade Civil. É uma entidade que tem autonomia administrativa e financeira e cuja gestão é assegurada pelos órgãos do Instituto de Seguros de

Instituto dos Seguros de Portugal

O Instituto de Seguros de Portugal é a autoridade nacional que regula o sector dos seguros no país. É uma entidade de cariz supervisor que avalia o comportamento das seguradoras e dos fundos de pensões, das respectivas entidades gestoras e da mediação de seguros. Nos estatutos do organismo determina-se que a missão do Instituto de

O que é o Seguro Automóvel de Responsabilidade Civil

O Seguro Automóvel de Responsabilidade Civil é o único seguro individual obrigatório em Portugal, o que dá uma ideia da sua importância. É absolutamente necessário para conduzir nas estradas portuguesas e assegura o pagamento das indemnizações por danos corporais e materiais causados a terceiros e às pessoas transportadas, com excepção do condutor do carro. As

O que é o seguro contra todos os riscos

O Seguro Automóvel contra todos os riscos é aquele que abrange todas as coberturas promovidas pela seguradora. Mas na verdade, nenhum seguro cobre todos os riscos! O Instituto de Seguros de Portugal já determinou a proibição do uso da expressão “seguro contra todos os riscos” por parte de mediadores e seguradoras. Uma medida tomada em

O que é o seguro de carta

O Seguro de Garagista ou o chamado Seguro de Carta é um Seguro Automóvel com características especiais, destinados aos profissionais do ramo automóvel (oficinais, stands, condutores profissionais). Visa facilitar o trabalho destes profissionais e, acima de tudo, poupar-lhes algum dinheiro, implicando condições particulares de acesso. No fundo, este tipo de Seguro segura a carta de

Preço do Seguro Automóvel

Subscrever um Seguro Automóvel acarreta uma série de condicionantes a que importa estar atento. O preço é o factor que mais importa à maioria, tanto mais em tempos de crise! E é no preço que a maioria das seguradoras procura diversificar, apostando em diferentes coberturas e em promoções para cativar clientes. Aspecto importante na definição

Seguros de Automóvel online quanto custam

O aparecimento das companhias de seguro que funcionam exclusivamente na Internet, ou por via telefónica, veio trazer uma nova realidade aos portugueses. Chamadas de “low cost”, estas seguradoras têm granjeado cota de mercado devido aos preços mais competitivos que praticam. A sua principal característica, e trunfo, é de resto o facto de oferecerem produtos mais