Qual é o seguro automóvel mais barato?

Com cada vez menos dinheiro na carteira, com o crescendo de impostos e a crise instalada, o mais barato é a palavra mágica que todos procuramos, na hora de avaliar as contas para pagar. E o Seguro Automóvel é uma dessas áreas onde há muito por escolher, mas a resposta à pergunta de qual será o Seguro Automóvel mais barato não tem uma resposta evidente. Tudo depende dos casos…

Seguro automóvel mais barato

Um determinado tipo de Seguro Automóvel pode ser o mais barato para uma pessoa concreta, mas não ser o mais barato para outro indivíduo. Isto por causa do factor de risco que cada seguradora atribui aos condutores e que depende de variáveis como a idade, os anos de carta de condução e até o sexo.

Como as seguradoras estabelecem o valor da franquia

As companhias de seguros têm estudos estatísticos sobre os acidentes que lhes dão dados concretos para a definição destes factores de risco. De resto, actualizam constantemente as suas tarifas e prémios, tentando corresponder da melhor forma às leis da concorrência, o que torna a resposta à pergunta inicial ainda mais difícil de dar.

Tendo em conta os critérios definidos acima, entre os pontos que as seguradoras privilegiam, um condutor de 40 anos terá, à partida, um seguro mais barato do que um condutor de 20 anos. Qualquer companhia de seguros terá como certo que o indivíduo mais velho terá mais experiência e, logo, menos probabilidades de sofrer um acidente. Porém, isto não é assim tão linear, até porque cada seguradora define o valor destes critérios, o seu peso, o que torna muito variáveis os preços dos vários Seguros Automóveis disponíveis.

A melhor forma de comparar preços é através dos simuladores que a maioria das seguradoras tem disponíveis na Internet. Pode também recorrer à DECO que disponibiliza na Internet um simulador do Seguro Automóvel mais barato.

Esteja atento às promoções para conseguir o melhor preço

Em tempos de crise, é boa ideia estar atento às promoções das seguradoras. Quando vão escasseando fregueses um pouco por todo o lado, e interessadas em atraírem mais clientes, as seguradoras apostam muitas vezes em Seguros Automóveis mais baixos de modo a aumentarem a sua quota de mercado. Assumem uma menor margem de lucro e correm mais riscos, o que beneficia os eventuais interessados. Só tem que estar alerta aos anúncios na televisão.

Outra boa alternativa, nos dias que correm, são as chamadas Seguradoras Low Cost, companhias de seguros que não funcionam em espaços físicos e que contactam com os seus clientes através do telefone e/ou da Internet. Uma vez que não têm uma sede, com os encargos inerentes, poupam recursos que podem investir em Seguros Automóveis mais baratos.

Também já há hipermercados com ofertas de Seguros Automóveis que poderão ficar mais acessíveis, conforme as características do eventual segurado. Neste caso, não são seguradoras, mas mediadoras que vendem os produtos que já existem no mercado. E por estranho que possa parecer, neste âmbito a inclusão de um mediador no processo torna quase sempre o Seguro Automóvel mais barato.

E há ainda campanhas que promovem a inclusão dos vários carros da família no mesmo pacote (os seguros de família), com preços vantajosos, e descontos por cada carro incluído. Só terá que fazer uma aturada pesquisa de mercado para encontrar a melhor solução para o seu caso.

O QUE ACHOU DO ARTIGO?